HAHA

"Imagino que sempre se possa ter esperança."

Stephen King

"Prenda-se ao seu foco. Essa é a diferença entre uma boa pintura e apenas mais uma imagem entulhando um mundo repleto delas."

Stephen King

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Observações Valiosas...

A maioria dos intelectuais depreza um autor que admiro muito. Stephen King é sempre visto como um mero autor de best sellers, cujo sucesso se deve unicamente a descoberta de uma "receita de entretenimento", o terror e suspense mexendo com emoções básicas do leitor.
Eu vejo sobre outro prisma: é raro encontrar um autor com capacidade criativa, imaginação praticamente sem limites, que é capaz de nos conduzir da alegria à tristeza, do susto ao prazer do reconhecimento. É sim o autor das coisas comuns, e porque não? Afinal, o que somos, além de pessoas comuns?
E cada livro de Stephen King sempre provoca em mim uma boa surpresa, uma revelação, uma emoção nova, uma lição...
Seguem alguns trechos do último livro traduzido no Brasil, DUMA KEY, importantes pra mim e que espero possam se tornar importantes também para amigos que trabalham com arte.

COMO FAZER UM DESENHO
STEPHEN KING, in DUMA KEY

I
Comece com uma superfície em branco. (…) Chamamos de branco porque precisamos de uma palavra, porém o verdadeiro nome é nada. O preto é a ausência de luz, já o branco é a ausência de memória, a cor da não lembrança.
Como nos lembramos de lembrar?

II
Lembre-se de que a verdade está nos detalhes. Não importa qual sua visão do mundo ou que estilo ela impõe ao seu trabalho como artista, a verdade está nos detalhes. É claro que o diabo também está nele – é o que todos dizem -, mas talvez a verdade e o diabo sejam sinônimos. Quem sabe?

III
Não mate a fome. (….) Se você quer traduzir o mundo, precisa usar seus apetites. Isso o surpreende? Pois não deveria. Não há nada mais humano que a fome. Não existe criação sem talento, concordo, mas talento é barato. Talento todo mundo tem A fome é o motor da arte.


IV
Comece com o que você conhece, então reinvente. A arte é mágica, isso é indiscutível, porém toda arte, por mais estranha que seja, começa na humildade do cotidiano.


V
Não tenha medo de experimentar; descubra a sua musa e deixe-a guiá-lo.

VI
Prenda-se ao seu foco. Essa é a diferença entre uma boa pintura e apenas mais uma imagem entulhando um mundo repleto delas.

VII
Lembre-se que “ver para crer" coloca o carro adiante dos bois. A arte é o produto concreto da fé e da esperança, a criação do mundo que, de outra forma, não passaria de um véu de consciência sem sentido sobre um golfo de mistério. E, além do mais, se você não acreditar no que vê, quem acreditará na sua arte?

VIII
Seja corajoso. Não tenha medo de desenhar as coisas secretas. Quem disse que a arte é sempre um vento suave? As vezes, ela é um furacão. Mesmo assim, você não deve hesitar ou mudar o sentido. Porque, se contar a si mesmo a grande mentira da má arte – que você está no comando – terá perdido a chance de capturar a verdade. A verdade nem sempre é bela.(...) No entanto, para o verdadeiro artista, a verdade insiste em falar(…) A coragem está em fazer, não em exibir.

IX
Procure pela imagem dentro da imagem. Nem sempre é fácil de encontrar, mas está sempre lá. E se você deixar de vê-la, pode deixar de ver o mundo.

X
Esteja preparado para ver tudo. Se você quiser criar – e Deus ajude se quiser, Deus o ajude se puder fazê-lo – não ouse cometer a imoralidade de parar na superfície. Mergulhe fundo e apanhe seu butim. Faça isso independente de quanto doa.

XI
Não desista até que o desenho esteja pronto. Não sei lhe dizer se essa é a regra fundamental da arte ou não – não sou professor – porém acredito que essas oito palavras resumem tudo o que venho tentando falar pra você. O talento é uma coisa maravilhosa, mas não adianta nada para quem desiste fácil.. E sempre chega um momento – se o trabalho é sincero, se ele vem daquele lugar mágico em que o pensamento, memória e emoção se mesclam – em que você quer desistir, em que você pensa que, se largar o lápis, sua vista ficará embotada, sua memória falhará e a dor irá embora..

XII
Saiba quando você acabou e, uma vez terminado, largue seu lápis ou pincel. Todo o resto é apenas vida.


Aproveitem...

Nenhum comentário: